Cartinhas que recebemos no email treta@treta.com.br, e suas respostas.

SITE     FEED     FACEBOOK     TWITTER     TUMBLR     EDITORIAIS     SOBRE     EQUIPE     ANUNCIE     CONTATO     PAINEL

domingo, 22 de janeiro de 2012

Re: TRETA.COM.BR | Comentário

Jefferson, seu comentário estava apenas aguardando moderação. Já foi postado!

Abs,
Ivo Neuman
http://www.treta.com.br



Em 22 de janeiro de 2012 12:47, Jefferson escreveu:
De: Jefferson
Assunto: Comentário

Corpo da mensagem:
Não entendi o motivo pelo qual meu comentário não foi aprovado(em relação ao Carlos Nascimento)... tem comentário sendo aprovado neste exato momento com agressividade pesada como por exemplo o cara que disse "você defecou pela boca... quer dizer, pelos dedos"

Caso eu não obtenha resposta a este e-mail, vou buscar outros meios de divulgar a minha opinião sobre o tema. E no caso serei obrigado a citar a censura que sofri, deixando a critério do público a justiça ou injustiça do ato...

Ratifico que não tenho nada contra vocês, apenas citei algo pertinente ao tema e que tanto o Treta quanto muitos outros blogs dentro do nicho de mercado entretenimento, possuem em comum: inércia em relação aos problemas brasileiros e do mundo.

O meu comentário foi o seguinte:

"Olá amigo, você escreve muito bem. Foi convincente, porém eu tenho opinião formada e gostaria de compartilhar com você e quem sabe iniciarmos um debate acerca do assunto.

Indisctutível é o poder da internet. O que podemos discutir é como este poder é usado. Se ele fosse usado para coisas úteis alcançaria a mesma proporção que a futilidade Luiza?

Nada contra a diversão, o humor, o entretenimento. Porém, aqui mesmo no Treta, embora seja um site muito bom, não há o engajamento com absolutamente nada que não seja o entretenimento. Isso sim é uma característica reacionária…

Na internet, as diferentes tribos se manifestam coletivamente demonstrando total impotência perante o sistema. É o mesmo com as mais diversas manifestações culturais contemporâneas.

Qualquer tipo de manifestação virtual séria, acaba bombando de gente comentando "isso não tem jeito", "ah, você mora no Brasil". Aí faço uma nova pergunta: que poder é esse que dizemos ter?

O poder que temos é gigantesco, mas só o usamos para nos proteger. É como se dissessemos para os governantes e para a alta burguesia "façam o que quiserem, não vão levar a nossa alegria". Porém fazemos isso não por estarmos de fato felizes, fazemos por termos medo de enfrentar os problemas de frente, ser a causa dos fatos sem temer as consequências. Abandonar o senso comum e finalmente apagar os vestígios do Brasil colônia.

Luíza voltou do Canadá, aeroporto lotado de fãs para a nova celebridade(15 min de fama). Mas quando um político faz algo, ninguém desgruda a bunda da cadeira e vai fazer manifestos contra essas coisas. Aí está o motivo pelo qual Nascimento fez a crítica dele… não é uma postura reacionária perante a internet. A tendência da TV mediante a internet é o fim dos enlatados e apenas o jornalismo ao vivo 24h por dia sobreviverá, logo, como jornalista, a internet não é nenhuma ameaça a ele.

O Treta, com todo o respeito, está mais do que adequado ao comodismo com o sistema. Piadinhas que critiquem o sistema não vão fazer a revolução se ficarmos sentados atrás de nossos computadores rindo uns da cara dos outros.

OBS.: Não estou dizendo que vocês devessem mudar o foco do site. O site é bom, mas ele serve apenas para entretenimento, nada mais. Atinge o objetivo de vocês e a grande massa que busca fugir dos problemas."

--
Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site ((( TRETA ))) http://www.treta.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário